< Água...: A falta de água no mundo

sábado, 25 de agosto de 2007

A falta de água no mundo



Crise de abastecimento

Pode parecer insensato falar numa crise de abastecimento de água potável, uma vez que existe tanta água no nosso planeta, mas é exactamente para esse risco que a Organização das Nações Unidas (ONU) tem vindo a alertar, há pelo menos trinta anos. Prevê-se que na próxima década, a crise de abastecimento atinja proporções inéditas, pois a demanda supera actualmente a oferta anual de 9 mil km3.



A expectativa dos especialistas da ONU era que, ao longo dos anos 90, fossem erradicadas inúmeras doenças ligadas à má qualidade das águas, entre elas a cólera. O problema da água não é apenas o da sua finitude, mas sim a sua distribuição, uma vez que os 9 mil km3, que em princípio seriam suficientes para abastecer os 6 bilhões de habitantes do planeta, estão irregularmente distribuídos. Assim, enquanto países como o Brasil dispõem de stocks hídricos invejáveis, 29 nações já sofrem com a falta desse recurso natural.



A carência de água é consequência de uma população crescente, dos padrões de vida cada vez mais elevados e das safras agrícolas maiores. Uma solução aplicada para diminuir a falta de água tem sido a exploração crescente das águas fósseis localizadas a centenas de metros de profundidade. Outra alternativa é a dessalinização da água do mar. O problema, neste caso, é o elevado custo do processo.



Exemplos Que Originam A Falta de Água:



Gastar mais do que aquela que se tem:A Cidade do México é um dos exemplos mais dramáticos da exploração excessiva dos recursos de água. A extracção de águas subterrâneas excede em 80% a da recarga, o que origina uma crise definitiva, visto estar a afundar o solo na cidade. Com o passar do tempo as consequências negativas serão irreversíveis, uma vez que as recargas exigem séculos ou mesmo milhares de anos para serem repostas.



Mas os especialista alertam que esta escassez se alarga até aos mais ricos países. O Brasil, é um dos exemplos, que apesar de contar com 839 mil km2 de recursos deste bem precioso, não é garantido que seja ilimitado. A sua manutenção depende das regiões de recarga, áreas onde afloram ou são menos profundos, para serem reabastecidos pelas chuvas que integram o ciclo hidrológico. A sobre-exploração dos recursos de água já afecta países como Índia, China e Arábia Saudita e mesmo áreas agrícolas das grandes planícies nos Estados Unidos.

Posted by Água.. @ 10:00

1 Comments

Anonymous lilian said...

é esse assunto da aqua é muito importante,pois a aqua por se um recurso n renovavel tem grandes chance de acabar um dia.e do jeito q anda nosso povo isso n irá tarda de acontecer.por isso n custa presevar um bem tâo grandi q é escencial p todos nos!

31 de agosto de 2007 15:50  

Postar um comentário

<< Home

Perfil

.Lílian Cerqueira

.Lais Cabral

.Rafael Bastos

.Sialidy Silva

.Sulivan Tarcis

Colégio Taylor-Egídio

3º "A"

Links

. A questão do lixo
. Jogo

Last Posts

. Aqüífero Guarani O Aqüífero Guarani é o maior ma...
. Por que economizar água
. EUTROFIZAÇÃO.
. Água: Um bem tão precioso!

[ Powered by ]